01/05/2017

Diálogos apostólicos

Diálogos apostólicos II Parte

Pergunto:

Quais as características da ofensa?

Respondo:

Não é necessário que o ofendido sofra. Pode ser feito nas suas costas. Por exemplo, a troça sobre uma foto ou imagem de alguém é uma ofensa - que os assistentes reconhecem -, ainda que o interessado nunca o saiba.
Só há ofensa se há injustiça. Há pessoas que se sentem afectadas pela a mais mínima desatenção; estes casos não são ofensas reais mas, orgulho real. Para que seja una ofensa há de ser algo injusto.

O perdão de uma ofensa exige por si mesma una reparação. O ofendido pode perdoar, mas a justiça exige alguma reparação que restaure o dano ocasionado. Por isso, quem ofende alguém não se conforma com pedir desculpas, mas, sente-se devedor e deseja compensar de algum modo a sua acção.

Sem comentários:

Enviar um comentário