06/09/2016

Evangelho e comentário


Tempo Comum

Evangelho: Lc 6, 12-19

«12 Naqueles dias Jesus retirou-se para o monte a orar, e passou toda a noite em oração a Deus. 13 Quando se fez dia, chamou os Seus discípulos e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de Apóstolos: 14 Simão, a quem deu o sobrenome de Pedro, seu irmão André, Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, 15 Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Simão, chamado o Zelote, 16 Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que foi o traidor. 17 Descendo com eles, parou numa planície. Estava lá um grande número dos Seus discípulos e uma grande multidão de povo de toda a Judeia, de Jerusalém, do litoral de Tiro e de Sidónia, 18 que tinham vindo para O ouvir, e para ser curados das suas doenças. Os que eram atormentados pelos espíritos imundos ficavam também curados. 19 Todo o povo procurava tocá-l'O, porque saía d'Ele uma virtude que os curava a todos.»

Comentário:

Como Jesus Cristo dirá depois não foram estes doze que o escolheram para O seguir como Mestre e Senhor mas sim Ele próprio Quem os escolheu.

Não nos cabe analisar as escolhas divinas nem sequer o devemos tentar porque teremos de nos lembrar sempre que também se  Ele nos escolheu a nós não foi pelo nosso valor ou possível mérito mas porque essa foi a Sua Vontade.

(ama, comentário sobre Lc 6, 12-19, 2015.10.28)








Sem comentários:

Enviar um comentário