26/08/2016

Reflectindo

Amor

Sei que o amor é tão importante como a própria vida.

Como que será viver sem amar e, sobretudo, sem saber-se amado?

O amor é um sentimento que só se completa quando é retribuído por isso mesmo se diz que "amor com amor se paga".
Não como quem retribuiu algo ou satisfaz uma obrigação, uma dívida mas porque é absolutamente natural e lógico.

Pagar uma dívida?

É impossível porque o amor não tem dimensão, não se ama pouco ou muito ou se ama ou não.

Uma obrigação?

Não faz sentido nenhum porque o amor não gera um dever exactamente porque é livre e natural.

Claro que, considerando os Mandamentos, poderíamos tentar concluir que Deus nos manda amar mas é uma conclusão errada porque os Mandamentos apenas reflectem a Vontade de Deus quanto ao "ordenamento" do amor donde - aqui sim - se pode concluir que Deus concebe as Suas criaturas para amar o que também é lógico porque é o Seu Amor que as gera.

(ama, reflexões, Malta, 06.05.2016)


Sem comentários:

Enviar um comentário