15/08/2016

Diálogos apostólicos

Diálogos apostólicos II Parte
15 - [1]

Estás sempre falar na necessidade de dar graças a Deus.
Eu entendo, por exemplo, que devo dar graças pelos bens recebidos, pela Comunhão… enfim…
Mas parece-me que desejas que vá mais longe.

Encontrarás sempre, ao longo do dia, inúmeros motivos para dar gra­ças.
Vou dar-te um exemplo (não dar-me como exemplo, nota bem):

Hoje ao arranjar-me de manhã constatei que conheço o meu rosto posso ver em detalhe as minhas feições.

E pensei naqueles que não o podem fazer porque não vêm e apenas podem imaginar a figura reflectida no espelho.

Pensei  imediatamente no meu dever de dar graças a Deus por este dom que nada fiz para merecer.




[1] Nota: Normalmente, estes “Diálogos apostólicos”, são publicados sob a forma de resumos e excertos de conversas semanais. Hoje, porém, dado o assunto, pareceu-me de interesse publicar quase na íntegra.

Sem comentários:

Enviar um comentário