19/07/2017

Reflectindo - 267

Ansiedade

Muitas vezes deixamos que a ansiedade tome conta de nós e nos condicione o bem-estar.

Algo que estamos à espera que aconteça, alguém que ficou de telefonar ou vir ter connosco, enfim, a vida corrente de todos os dias.

Há que ter bem presente que o quer que seja que nos põe nesse estado acontecerá, ou não, independentemente da nossa ânsia.

Se o assunto é importante, encomendemos ao Anjo da Guarda, à Santíssima Virgem, e descansemos tranquilamente.

Ganharemos muito, sobretudo na tranquilidade que necessitamos para enfrentar algum revés que eventualmente suceda.


(AMA, reflexões, Carvide, 27.01.2017)


Sem comentários:

Enviar um comentário