20/04/2017

Evangelho e comentário

Tempo de Páscoa


Evangelho: Lc 24, 35-48

35 E eles contaram também o que lhes tinha acontecido no caminho, e como O tinham reconhecido ao partir o pão. 36 Enquanto falavam nisto, apresentou-Se Jesus no meio deles e disse-lhes: «A paz seja convosco!».37 Mas eles, turbados e espantados, julgavam ver algum espírito.38 Jesus disse-lhes: «Porque estais turbados, e porque se levantaram dúvidas nos vossos corações?39 Olhai para as Minhas mãos e os Meus pés, porque sou Eu mesmo; apalpai e vede, porque um espírito não tem carne, nem ossos, como vós vedes que Eu tenho».40 Dito isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.41 Mas, estando eles, por causa da alegria, ainda sem querer acreditar e estupefactos, disse-lhes: «Tendes aqui alguma coisa que se coma?».42 Eles apresentaram-Lhe uma posta de peixe assado.43 Tendo-o tomado comeu-o à vista deles.44 Depois disse-lhes: «Isto é o que Eu vos dizia quando ainda estava convosco; que era necessário que se cumprisse tudo o que de Mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos».45 Então abriu-lhes o entendimento, para compreenderem as Escrituras,46 e disse-lhes: «Assim está escrito que o Cristo devia padecer e ressuscitar dos mortos ao terceiro dia,47 e que em Seu nome havia de ser pregado o arrependimento e a remissão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém.48 Vós sois as testemunhas destas coisas.

Comentário:

Quando a dúvida, apreensão ou qualquer outro estado de alma menos positivo nos domina o Príncipe da Paz aparece-nos com a Sua Paz!

Sugere-nos a tranquilidade e confiança nele, Supremo Bem e refúgio seguro.

Estejamos sempre disponíveis para O receber como Ele está para Se nos dar.

(ama, comentário sobre Lc 24 35-48 2015.04.19)






Sem comentários:

Enviar um comentário