08/03/2017

Evangelho e comentário

Tempo da Quaresma


Evangelho: Lc 11, 29-32

Naquele tempo, aglomerava-se uma grande multidão à volta de Jesus e Ele começou a dizer: «Esta geração é uma geração perversa: pede um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, senão o sinal de Jonas. Assim como Jonas foi um sinal para os habitantes de Nínive, assim o será também o Filho do homem para esta geração. No juízo final, a rainha do Sul levantar-se-á com os homens desta geração e há-de condená-los, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão; e aqui está quem é maior do que Salomão. No juízo final, os homens de Nínive levantar-se-ão com esta geração e hão-de condená-la, porque fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas; e aqui está quem é maior do que Jonas».

Comentário:

Poderia atrever-me e dizer que só um tonto poderia não ter muito em conta estas palavras do Senhor.

Em síntese Ele diz-nos para pedir quanto necessitarmos sem receio nem qualquer temor de que o que pedimos seja adequado ou conveniente.

Essa decisão cabe-lhe a Ele e que melhor garantia poderíamos ter de que será a mais correcta e que melhor nos convém?
(ama, comentário sobre Lc 11, 29-32, 18.02.2016)






Sem comentários:

Enviar um comentário