27/03/2017

Evangelho e comentário

Tempo da Quaresma


Evangelho: Jo 4, 43-54

43 Passados dois dias, partiu Jesus dali para a Galileia.44 Porque o mesmo Jesus tinha afirmado que um profeta não é respeitado na sua própria pátria.45 Tendo chegado à Galileia receberam-n'O bem os galileus porque tinham visto todas as coisas que fizera em Jerusalém durante a festa; pois também eles tinham ido à festa.46 Foi, pois, novamente a Caná da Galileia, onde tinha convertido a água em vinho. Havia em Cafarnaum um funcionário real, cujo filho estava doente.47 Este, tendo ouvido dizer que Jesus chegara da Judeia à Galileia, foi ter com Ele e pediu-Lhe que fosse a sua casa curar o filho que estava a morrer.48 Jesus disse-lhe: «Vós, se não virdes milagres e prodígios não acreditais».49 O funcionário real disse-Lhe: «Senhor, vem antes que o meu filho morra».50 Jesus disse-lhe: «Vai, o teu filho vive». Deu o homem crédito ao que Jesus lhe disse e partiu.51 Quando já ia para casa, vieram os criados ao seu encontro dizendo que o filho vivia.52 Perguntou-lhes a hora em que o doente se sentira melhor. Disseram-lhe: «Ontem, à hora sétima, a febre deixou-o». 53 Reconheceu então o pai ser aquela mesma a hora em que Jesus lhe dissera: «Teu filho vive». Acreditou ele, assim como toda a sua família.54 Foi este o segundo milagre que Jesus fez depois de ter vindo da Judeia para a Galileia.

Comentário:

Quem é este homem de elevada posição social, com criados às suas ordens, que não hesita em recorrer a Jesus numa hora de aflição?

Uma pessoa sem fé como se vê no final do trecho, mas com bom espí­rito e critério.
Sabe reconhecer a Verdade quando a encontra e por isso não se detém no regresso a casa quando o Senhor lhe confirma que o filho vive.

A Fé é dada por Deus como um dom gratuito e sem qualquer mereci­mento da pessoa e Ele não quer outra coisa que oferecer esse dom a quem de facto demonstra ter as condições necessárias.

Ele acreditou e por causa dele, toda a sua família.


(ama, comentário sobre Jo 4, 43-54, 11.3.2010)

Sem comentários:

Enviar um comentário