30/12/2016

Evangelho e comentário

Tempo do Natal

Sagrada Família

Evangelho: Mt 2, 13-15. 19-23

Depois de os Magos partirem, o Anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse-lhe: «Levanta-te, toma o Menino e sua Mãe e foge para o Egipto e fica lá até que eu te diga, pois Herodes vai procurar o Menino para O matar». José levantou-se de noite, tomou o Menino e sua Mãe e partiu para o Egipto e ficou lá até à morte de Herodes. Assim se cumpriu o que o Senhor anunciara pelo Profeta: «Do Egipto chamei o meu filho». Quando Herodes morreu, o Anjo apareceu em sonhos a José, no Egipto, e disse-lhe: «Levanta-te, toma o Menino e sua Mãe e vai para a terra de Israel, pois aqueles que atentavam contra a vida do Menino já morreram». José levantou-se, tomou o Menino e sua Mãe e voltou para a terra de Israel. Mas, quando ouviu dizer que Arquelau reinava na Judeia, em lugar de seu pai, Herodes, teve receio de ir para lá. E, avisado em sonhos, retirou-se para a região da Galileia e foi morar numa cidade chamada Nazaré. Assim se cumpriu o que fora anunciado pelos Profetas: «Há-de chamar-Se Nazareno».

Comentário:

Como obedece José!

Pode parecer uma pequena peça que no tabuleiro da Redenção, Deus vai movimentando conforme Lhe convém!


Mas, não!

José não é um “boneco” uma peça de um puzzle obedecendo cegamente à Vontade Divina.


Sim, obedece prontamente, é um facto, mas não o faz inconsciente ou cegamente.

Obedece porque a sua profunda fé e confiança no Senhor lhe dizem que é o que convém fazer.

Ensina-me e ajuda-me, Senhor, a ter como José uma humilde simplicidade que me mostre o melhor caminho que tenho - sempre - de andar para merecer a graça de, em tudo, cumprir a Tua Vontade Santa.

(ama, comentário sobre Mt 2, 13-15. 19-23, 26.12.2010)





Sem comentários:

Enviar um comentário