29/11/2016

Evangelho e comentário




Tempo do Advento

Evangelho: Lc 10, 21-24

21 Naquela mesma hora Jesus exultou de alegria no Espírito Santo, e disse: «Graças Te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e aos prudentes, e as revelaste aos simples. Assim é, ó Pai, porque assim foi do Teu agrado. 22 Todas as coisas Me foram entregues por Meu Pai; e ninguém sabe quem é o Filho, senão o Pai, nem quem é o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho quiser revelar». 23 Depois, tendo-Se voltado para os discípulos, disse: «Felizes os olhos que vêem o que vós vedes. 24 Porque Eu vos afirmo que muitos profetas e reis desejaram ver o que vós vedes e não o viram, ouvir o que vós ouvis e não o ouviram».

Comentário:

É bem verdade o que o Senhor diz aos Seus discípulos mas, também é verdade que nós – cristãos – somos ainda mais felizes não só porque conhecemos a Verdade – que é Cristo – como O podemos receber na Sagrada Comunhão.


Mais que estar na Sua presença, como então estavam os discípulos - e nós também podemos e devemos estar contemplando o Sacrário, - podemos comungar o Seu Corpo, Alma e Divindade.


A Comunhão Eucarística é, sem dúvida, o maior bem que podemos aspirar ter.


(ama, comentário sobre Lc 10,21-24, 28.09.2016)






Sem comentários:

Enviar um comentário