17/10/2016

Sofrimento, presente de Deus? - 3

Sofrimento, presente de Deus?

…/3

A repugnância à dor está inscrita no nosso coração e todos somos chamados a lutar contra ela. Superar a dor é caminho promissor para se chegar à felicidade plena.

Jesus ensina-nos a amar a cruz

O encontro com Jesus de Nazaré, o amor que tenho para com Ele, a leitura do Evangelho e o desejo de imitar a sua vida têm-me feito compreender melhor o caminho da dor.
Aliás, fora de Jesus, não creio que encontremos resposta para coisa alguma.
A vida tende para Jesus e por Ele somos atraídos e seduzidos. Contemplando-o nos vários momentos da sua existência terrena sabemos descobrir o caminho novo. A novidade trazida por Jesus é que Ele encerra o tempo das promessas e abre o tempo da realidade.

Ele ensina-nos como viver, amar, sofrer, morrer e ressuscitar.

A grandeza de Jesus é que Ele, encarnando-se, assumiu a nossa natureza humana plena, total, com todas as limitações, menos o pecado.

De facto, o pecado não faz parte da natureza humana, ele entrou no mundo pela desobediência.
Alguém como Jesus, que nunca desobedeceu ao projeto do Pai, não poderia ter o pecado na sua humanidade.

Ele “fez-se pecado” por nós e redimiu-nos de todos os nossos pecados.

(cont)

(Revisão da versão portuguesa por ama)

James Stevens  COMUNIDADE SHALOM  13 DE OUTUBRO DE 2016
Ross Gordon Henry

Sem comentários:

Enviar um comentário