01/07/2018

Temas para reflectir e meditar

As causas do mal

As causas do mal não devem procurar-se no exterior do homem, mas, sobretudo, no interior do seu coração. 
Também o seu remédio parte do coração. 
Por conseguinte os cristãos, mediante a sinceridade e o seu próprio empenho de conversão, devem rebelar-se contra o achatamento do homem, e proclamar com a sua própria vida a alegria da verdadeira libertação do pecado (...) mediante um arrependimento sincero, de um firme propósito de emenda, e de uma firme confissão das culpas. 

(são joão paulo iiHomília, Roma, 1979.12.23)