02/06/2017

Reflectindo - 256

Reflectindo
Vaidade


Como definir vaidade?

Talvez como desejo de protagonismo?
Auto consideração?
Ânsia de proeminência?
Julgar-se "especial"?

Mas, de certeza, é sempre uma comparação com outro, ou outros, uma avaliação do que fazem ou dizem, do que sabem ou conhecem e, evidentemente, fazemos, dizemos com mais interesse, conhecermos mais e daremos ainda mais.

Não?
A vaidade não traz estes sentimentos?

Claro que sim porque o vaidoso é alguém que se considera áparte, especial, não se confunde com a massa anónima, é reconhecido, apontado e invejado.

Temos assim que vaidade e a inveja quase sempre andam juntas, em primeiro lugar porque o vaidoso está convencido que é invejado e, depois, porque quer a todo o custo superar o outro em algo que se reconhece - o que é difícil - como menos dotado ou capaz.

Se não se corrige, o vaidoso, torna-se alguém insuportável e, seguramente, num solitário.


(ama, reflexões, 2016.11.23)



Sem comentários:

Enviar um comentário