22/05/2017

Bento XVI – Pensamentos espirituais 146

O espírito da Quaresma


O tempo da Quaresma não deve ser encarado com espírito «velho», como se se tratasse de uma incumbência pesada e maçadora, mas com o espírito novo de quem encontrou em Jesus e no seu mistério pascal o sentido da vida e sabe que a partir de agora tudo deve referir-se a Ele.

Angelus, (26.Fev.06)

(in “Bento XVI, Pensamentos Espirituais”, Lucerna 2006)

Sem comentários:

Enviar um comentário