24/03/2017

Evangelho e comentário

Tempo da Quaresma


Evangelho: Mc 12, 28-34

Naquele tempo, aproximou-se de Jesus um escriba e perguntou-Lhe: «Qual é o primeiro de todos os mandamentos?» Jesus respondeu-lhe: «O primeiro é este: ‘Escuta, Israel: O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor: Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todo o teu entendimento e com todas as tuas forças’. O segundo é este: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’. Não há nenhum mandamento maior que estes». Disse-Lhe o escriba: «Muito bem, Mestre! Tens razão quando dizes: Deus é único e não há outro além d’Ele. Amá-l’O com todo o coração, com toda a inteligência e com todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, vale mais do que todos os holocaustos e sacrifícios». Ao ver que o escriba dera uma resposta inteligente, Jesus disse-lhe: «Não estás longe do reino de Deus». E ninguém mais se atrevia a interrogá-l’O.

Comentário:

É bem patente, neste trecho do Evangelho, o que na verdade é o Reino de Deus:

O Amor!

Porque, Deus que é o Amor, não poderia ter um reino diferente.

Para pertencer ao Reino há que amar, a sério, Deus e a principal e obra da Sua Criação: os homens!

Não há outro caminho!

Amar, que é a capacidade que o homem tem de se dar a si mesmo, é, pois, a única “credencial” verdadeiramente válida para se ser, de pleno direito, súbdito desse Reino.

(ama, comentário sobre Mc 12, 28-34, 24.11.2016)






Sem comentários:

Enviar um comentário