13/01/2017

Reflectindo - 218

Reflectindo



Que falta faço eu? -2


Continuo estas reflexões em Vila Moura.

Esta semana que aqui estou duas semanas passadas em casa da Mafalda depois de ter estado Carvide com a Trinda reforçam toda argumentação anterior.

De facto, constatei que faço falta que as pessoas me querem junto delas enchendo-me de carinho e atenções é bem de ver que apreciam a minha presença, gostam da minha companhia.

E isto exactamente como eu sou, com as minhas idiossincrasias por vezes, bem o sei, difíceis de aturar 

Então, concluo, tenho de viver custe o que custar para não defraudar nem ser mal-agradecido a quem tanto me quer.

Custa?

Ainda bem, assim terei algum mérito que o Senhor me levará em boa conta.


ama, reflexões, Vila Moura, 20.09.2016

Sem comentários:

Enviar um comentário