12/01/2017

Evangelho e comentário

Tempo comum


Evangelho: Mc 1, 40-45

40 Foi ter com Ele um leproso que, suplicando e pondo-se de joelhos, Lhe disse: «Se quiseres podes limpar-me». 41 Jesus, compadecido dele, estendeu a mão e, tocando-o, disse-lhe: «Quero, fica limpo».42 Imediatamente desapareceu dele a lepra e ficou limpo. 43 E logo mandou-o embora, dizendo-lhe com tom severo: 44 «Guarda-te de o dizer a alguém, mas vai, mostra-te ao sacerdote, e oferece pela purificação o que Moisés ordenou, para que lhes sirva de testemunho». 45 Ele, porém, retirando-se, começou a contar e a divulgar o sucedido, de modo que Jesus já não podia entrar abertamente numa cidade, mas ficava fora nos lugares desertos, e de toda a parte vinham ter com Ele.

Comentário:

São Marcos deve ter ficado tão impressionado com este episódio – naturalmente ouvido da boca de São Pedro – que o descreve em pormenor.

Talvez que, o mais saliente, seja a afirmação de Fé do leproso: «Se quiseres podes limpar-me».

Uma lição para nós homens que precisamos de tudo e tudo pedimos ao Senhor e, por vezes, sem a Fé convicta e profunda demonstrada por este homem.

Porquê, se acreditamos que o Senhor pode tudo?

Porque a nossa confiança e fé são débeis e precisam, muitas vezes de um esforço da nossa parte que passará, naturalmente por Lhe dizer-mos com frequência:

‘Senhor, eu creio, mas aumenta a minha Fé’.

(ama, comentário sobre Mc 1, 40-45, 2016.11.02)






Sem comentários:

Enviar um comentário