23/12/2016

Graus da perfeição - 14

17 Graus da perfeição

14. Ainda que as coisas de obrigação e ofício se tornem dificultosas e enfadonhas, nem por isso desanimar-se, porque não há de ser sempre assim, e Deus, que experimenta a alma simulando trabalho no preceito [i], em breve a fará sentir o bem e o ganho.


(são joão da cruz, em Pequenos Tratados Espirituais)

(tradução por ama)



[i] (Cf. Sl 93,20)

Sem comentários:

Enviar um comentário