04/12/2016

Evangelho e comentário

Tempo do Advento

Evangelho: Mt 3, 1-12

Naqueles dias, apareceu João Baptista a pregar no deserto da Judeia, dizendo: «Arrependei-vos, porque está perto o reino dos Céus». Foi dele que o profeta Isaías falou, ao dizer: «Uma voz clama no deserto: ‘Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas’». João tinha uma veste tecida com pêlos de camelo e uma cintura de cabedal à volta dos rins. O seu alimento eram gafanhotos e mel silvestre. Acorria a ele gente de Jerusalém, de toda a Judeia e de toda a região do Jordão; e eram baptizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados. Ao ver muitos fariseus e saduceus que vinham ao seu baptismo, disse-lhes: «Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira que está para vir? Praticai acções que se conformem ao arrependimento que manifestais. Não penseis que basta dizer: ‘Abraão é o nosso pai’, porque eu vos digo: Deus pode suscitar, destas pedras, filhos de Abraão. O machado já está posto à raiz das árvores. Por isso, toda a árvore que não dá fruto será cortada e lançada ao fogo. Eu baptizo-vos com água, para vos levar ao arrependimento. Mas Aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu e não sou digno de levar as suas sandálias. Ele baptizar-vos-á no Espírito Santo e no fogo. Tem a pá na sua mão: há-de limpar a eira e recolher o trigo no celeiro. Mas a palha, queimá-la-á num fogo que não se apaga».

Comentário:

A vinte dias do Natal do Senhor a Liturgia traz-nos, por João Baptista, uma descrição do homem que será conhecido por Jesus.

O último dos profetas do Antigo Testamento de forma clara e categórica diz quem é Jesus e ao que vem.

O seu testemunho tem uma importância extraordinária porque, com a autoridade que muitos lhe reconhecem, o que afirma não pode deixar de ser tido em conta.

Com uma humildade absolutamente exemplar não se atribui a si mesmo senão o papel de percursor encarregado de preparar a vinda do Rei dos Reis, do Salvador do mundo.

(ama, comentário sobre Mt 3, 1-12, 06.10.2016)



Sem comentários:

Enviar um comentário