02/12/2016

Evangelho e comentário

Tempo do Advento

Evangelho: Mt 9, 27-31

27 Partindo dali Jesus, seguiram-n'O dois cegos, gritando e di­zendo: «Tem piedade de nós, Filho de David!». 28 Tendo chegado a casa, aproximaram-se d'Ele os cegos. E Jesus disse-lhes: «Credes que posso fazer isto?». Eles responderam: «Sim, Senhor». 29 Então tocou-lhes os olhos, dizendo: «Seja-vos feito segundo a vossa fé». 30 E abri­ram-se os seus olhos. Jesus deu-lhes ordens terminantes, dizendo: «Cuidado, que ninguém o saiba». 31 Mas eles, retirando-se, divulgaram por toda aquela terra a Sua fama.

Comentário:

De facto, ver Jesus, é, deve ser, a aspiração de qualquer ser humano.

Pode imaginar-se a alegria destes dois homens:

não só passam a ver como, a primeira imagem que têm, é a do Rosto amabilíssimo de Jesus.

É algo tão extraordinário que não obstante as recomendações do Senhor, não conseguem esconder a sua alegria nem calar as acções de graças que lhes vêm da alma.

Calculamos - pobre e palidamente - como será o nosso júbilo quando, um dia, contemplarmos a Face de Cristo sabendo que essa visão magnífica será para sempre!

(ama, comentário sobre Mt 9, 27-31, Convento, Monte Real, 02.12.2001)





Sem comentários:

Enviar um comentário