14/12/2016

Evangelho e comentário

Tempo do Advento

São João da Cruz – Doutor da Igreja

Evangelho: Lc 7, 19-23

Naquele tempo, João Baptista chamou dois dos seus discípulos e enviou-os ao Senhor com esta mensagem: «És Tu Aquele que havia de vir ou devemos esperar outro?» Ao chegarem junto de Jesus, os homens disseram-Lhe: «João Baptista mandou-nos perguntar-Te: ‘És Tu Aquele que havia de vir ou devemos esperar outro?’» Nessa altura Jesus curou muitas pessoas, de doenças, padecimentos e espíritos malignos, e deu a vista a muitos cegos. Então respondeu-lhes: «Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos ficam limpos, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres é anunciado o Evangelho; e feliz daquele que não encontrar em Mim ocasião de queda».

Comentário:

O último versículo deste trecho do Evangelho de São Lucas dá-nos que pensar!

Como pode Jesus Cristo ser ocasião de queda para alguém?

Infelizmente é bem verdade e tantos a confirmam e continuam numa intransigente luta contra a Verdade.

Não se trata só de rejeitar o Salvador ou, sequer, acreditar nele, mas com sanha e ódio impossíveis de negar, perseguir os que acreditam e O seguem.

Estranha condição humana que leva a negar a evidência, a rejeitar a salvação, a opor-se ao Bem!

(ama, comentário sobre, Lc 7, 19-23, 2015.12.16)






Sem comentários:

Enviar um comentário