27/11/2016

Evangelho e comentário

Tempo do Advento

Evangelho: Mt 24, 37-44

37 Assim como aconteceu nos dias de Noé, assim será também a segunda vinda do Filho do Homem. 38 Nos dias que precederam o dilúvio os homens comiam e bebiam, casavam-se e casavam os seus filhos, até ao dia em que Noé entrou na arca, 39 e não souberam nada até que veio o dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá também na vinda do Filho do Homem. 40 «Então, de dois que estiverem no campo, um será tomado e o outro será deixado. 41 De duas mulheres que estiverem a moer com a mó, uma será tomada e a outra deixada. 42 «Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora virá o vosso Senhor. 43 Sabei que, se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, sem dúvida, e não deixaria arrombar a sua casa. 44 Por isso estai vós também preparados, porque virá o Filho do Homem na hora em que menos pensais

Comentário:

Começa o Advento.

Tempo de reconvenção e preparação.

Reconvenção porque importa examinar o ano que passou, o que fizemos e o que deveríamos ter feito mas, por esta ou aquela razão, não fizemos.

Porque não o fizemos?

Será que prevaleceu uma espécie de critério ou escolha pessoal sobre o que – sabemos pela Doutrina e pela Fé – seria conveniente fazer?

Este tempo litúrgico que agora começa é ideal para essa descida ao nosso íntimo, despir as roupagens que nos pesam, cortar os laços que nos prendem e, assim, de “alma lavada” deitar “mãos à obra” enquanto temos tempo.

(ama, comentário sobre Mt 24, 37-44, 28.11.2016)




Sem comentários:

Enviar um comentário