14/10/2016

Evangelho e comentário


Tempo Comum

Evangelho: Lc 12, 1-7

1 Tendo-se juntado à volta de Jesus milhares e milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou Ele a dizer aos Seus discípulos: «Guardai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2 Nada há oculto que não venha a descobrir-se e nada há escondido que não venha a saber-se. 3 Por isso as coisas que dissestes nas trevas serão ouvidas às claras, e o que falastes ao ouvido no quarto será apregoado sobre os telhados. 4 «A vós, pois, Meus amigos, digo-vos: não tenhais medo daqueles que matam o corpo e depois nada mais podem fazer. 5 Eu vou mostrar-vos a quem haveis de temer; temei Aquele que, depois de matar, tem poder de lançar no inferno; sim, Eu vos digo, temei Este. 6 Não se vendem cinco passarinhos por dois asses?; contudo nem um só deles está em esquecimento diante de Deus . 7 Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais pois; vós valeis mais que muitos passarinhos.

Comentário:

O cristão não tem – não deve ter – medo seja do que for.

Nem sequer das fraquezas pessoais que, por vezes, lhe minam a vontade e o fazem cair em pecado.

O nosso Criador e Pai não deixará nunca de nos assistir, proteger e guardar desde que, evidentemente, Lhe manifestemos que essa é a nossa vontade, o nosso desejo.

(ama, comentário sobre Lc 12, 1-7, 2015.10.16)








Sem comentários:

Enviar um comentário