28/09/2016

Evangelho e comentário


Tempo Comum

Evangelho: Lc 9, 57-62

57 Indo eles pelo caminho, veio um homem que Lhe disse: «Seguir-Te-ei para onde quer que fores». 58 Jesus respondeu-lhe: «As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, porém, o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça». 59 A um outro disse: «Segue-Me». Mas ele disse: «Senhor, permite-me que eu vá primeiro sepultar meu pai». 60 Mas Jesus replicou: «Deixa que os mortos sepultem os seus mortos; tu vai anunciar o reino de Deus». 61 Um outro disse-Lhe: «Senhor, seguir-Te-ei, mas permite que vá primeiro dizer adeus aos de minha casa». 62 Jesus respondeu-lhe: «Ninguém que, depois de ter metido a mão no arado olha para trás, é apto para o reino de Deus».

Comentário:

De facto o agricultor sabe muito bem que iniciada a sementeira não pode haver interrupções quando não a seara não crescerá uniformemente.

Assim no seguimento de Cristo.

Se houver hesitações, demoras, interrupções corre-se o risco de O perder porque o Senhor não se detém no Seu caminhar.

Espera que O sigamos mas, não obstante o Seu Amor Infinito, não nos garante que voltará atrás se acaso nos detivermos.

(ama, comentário sobre LC 9 57-62, Cascais, 2015.09.30)








Sem comentários:

Enviar um comentário