26/09/2016

Evangelho e comentário


Tempo Comum

Evangelho: Lc 9, 46-50

46 Começaram a discutir entre si sobre qual deles era o maior. 47 Jesus, vendo os pensamentos do seu coração, tomou pela mão uma criança, pô-la junto de Si, 48 e disse-lhes: «Aquele que receber esta criança em Meu nome, a Mim recebe; e quem Me receber, recebe Aquele que Me enviou. Porque quem de entre vós é o menor, esse é o maior». 49 João, tomando a palavra, disse: «Mestre, nós vimos um que expulsava os demónios em Teu nome e lho proibimos, porque não anda connosco». 50 Jesus respondeu-lhe: «Não lho proibais, porque quem não é contra vós é por vós».

Comentário:

A mim parece-me que o desejo de ser "o maior no Reino de Deus" é algo legítimo e bom.

Diria mais: que é um anseio, um objectivo absolutamente meritório.

Só que para ser assim depende exclusivamente do critério e da legitimidade do nosso querer. Ou seja, fazer o que esteja ao nosso alcance para conquistar essa honra e ter bem presente que o que fizemos de bom nunca será por mérito próprio mas por bondade e misericórdia de Deus.

(ama, comentário sobre Lc 9, 46-50, Cascais, 2015.09.28)








Sem comentários:

Enviar um comentário