05/07/2017

Epístolas de São Paulo – 103

Carta aos Hebreus - cap 10

3. RECAPITULAÇÃO: O SACRIFÍCIO DE CRISTO SUPERIOR AO DE MOISÉS (10,1-18)

Ineficácia dos sacrifícios antigos


- 1 Possuindo apenas a sombra dos bens futuros e não a expressão própria das coisas, a Lei nunca pode conduzir à perfeição aqueles que participam nos sacrifícios que se oferecem constantemente cada ano. 2 Não se teria porventura deixado de os oferecer, se os que prestam culto, purificados de uma vez por todas, já não tivessem consciência de algum pecado? 3 Pelo contrário, com esses sacrifícios, recordam-se anualmente os pecados, 4 uma vez que é impossível que o sangue dos touros e dos bodes apague os pecados. 5 Por isso, ao entrar no mundo, Cristo diz: Tu não quiseste sacrifício nem oferenda, mas preparaste-me um corpo. 6 Não te agradaram holocaustos nem sacrifícios pelos pecados. 7 Então, Eu disse: Eis que venho - como está escrito no livro a meu respeito - para fazer, ó Deus, a tua vontade. 8 Disse primeiro: Não quiseste nem te agradaram sacrifícios, oferendas e holocaustos pelos pecados - e, no entanto, eram oferecidos segundo a Lei. 9 Disse em seguida: Eis que venho para fazer a tua vontade. Suprime, assim, o primeiro culto, para instaurar o segundo. 10 E foi por essa vontade que nós fomos santificados, pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre. 

Sem comentários:

Enviar um comentário