09/06/2017

Evangelho e comentário

Tempo Comum

Evangelho: Mc 12, 35-37

35Ensinando no templo, Jesus tomou a palavra e perguntou: «Como dizem os doutores da Lei que o Messias é filho de David? 36O próprio David afirmou, inspirado pelo Espírito Santo: Disse o Senhor ao meu Senhor: ‘Senta-te à minha direita, até que ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés’. 37O próprio David chama-lhe Senhor; como é Ele seu filho?» E a numerosa multidão ouvia-o com agrado.

Comentário:

Todo este capítulo doze do Evangelho escrito por São Marcos é profundamente doutrinal.

Jesus responde a perguntas – mesmo as capciosas e sem sentido – esclarece dúvidas, ensina.

Por isso mesmo «a numerosa multidão ouvia-o com agrado» e, seguramente, não esqueceria jamais o que tinha sido dito.

Jesus Cristo é, de facto, O Mestre por excelência e nenhum outro poderá igualar a Sua Sabedoria, bem como a forma tão simples e acessível de abordar assuntos – por vezes controversos ou, pelo menos de difícil compreensão – como Ele o faz.

Como devemos agradecer aos Evangelistas terem-nos deixado este legado precioso para nós, cristãos de todos os tempos, podermos encontrar com segurança os fundamentos da nossa Fé!


(AMA, comentário sobre Mc 12, 35-37, 02.02.2017) 

Sem comentários:

Enviar um comentário