19/05/2017

Reflectindo - 252

Ter razão

Quase sempre tenho razão!

Isto é o que pensamos de nós próprios.

Não interessa a que propósito, sobre o quê ou a respeito de quem… temos razão e acabou-se!

A propósito, uma pequena história: [i]

"Dois judeus discutiam entre si sobre vários assuntos, mas sem chegar a qualquer acordo já que cada um tinha ideias muito díspares das do outro.

Resolveram, então, ir consultar o Rabi que decidiria qual deles tinha razão.

Veio o primeiro, expôs o assunto e, o Rabi disse-lhe:

‘Tens razão!’

Retirou-se o judeu muito satisfeito e, claro, cheio de orgulho.

Veio o segundo, revelou os seus pontos de vista e, o Rabi declarou:

‘Tens razão!’

O homem foi-se embora contentíssimo, e, evidentemente, cheio de empáfia.

A mulher do Rabi que ouvira as conversas indignou-se e disse ao marido:

‘Como é que tu foste capaz de uma coisa destas! Dizer aos dois que tinham razão quando pensavam de modos tão diferentes!

Acho que fizeste muito mal!’

O Rabi ripostou:

‘Tens razão!' “

Pois é… temos sempre razão…


(ama, reflexões, 19.11.2016)





[i] (Mencionado por Mons. António Barbosa numa recolecção no Porto)

Sem comentários:

Enviar um comentário