07/01/2017

Evangelho e comentário

Tempo do Natal

Evangelho: Jo, 2, 1-11

1 Três dias depois, celebrava-se um casamento. 2 Jesus com os Seus discípulos foi também convidado para a boda. 3 Faltando o vinho, a mãe de Jesus disse-Lhe: «Não têm vinho». 4 Jesus respondeu-lhe: «Mulher, que nos importa isso a Mim e a ti? Ainda não chegou a Minha hora». 5 Disse Sua mãe aos que serviam: «Fazei tudo o que Ele vos disser». 6 Ora estavam ali seis talhas de pedra preparadas para a purificação judaica, que levavam cada uma duas a três medidas. 7 Jesus disse-lhes: «Enchei as talhas de água». Encheram-nas até cima. 8 Então Jesus disse-lhes: «Tirai agora, e levai ao chefe de mesa». Eles levaram. 9 Logo que o chefe de mesa provou a água convertida em vinho (ele não sabia donde viera, ainda que o sabiam os serventes, porque tinham tirado a água), chamou o esposo 10 e disse-lhe: «Todos servem primeiro o bom vinho e, quando já os convidados têm bebido bem, servem o inferior; tu, pelo contrário, tiveste o bom vinho guardado até agora». 11 Foi este o primeiro milagre de Jesus; fê-lo em Caná da Galileia. Assim manifestou a Sua glória, e os Seus discípulos acreditaram n'Ele.

Comentário:

A importância deste episódio das Bodas de Caná que São João nos relata com o detalhe de quem presenciou os acontecimentos está resumida no versículo 11º:

«Foi este o primeiro milagre de Jesus; fê-lo em Caná da Galileia. Assim manifestou a Sua glória, e os Seus discípulos acreditaram n'Ele.»

São João Paulo II também realça a sua importância ao considera-lo como o Segundo Mistério Glorioso do Santo Rosário.

Trata-se de uma manifestação pública da Divindade de Jesus Cristo e sem dúvida que a intervenção Sua Santíssima Mãe foi “decisiva” para que o fizesse como se depreende da resposta que lhe deu quando o interpelou.

Por isso mesmo, a escolha do Santo Papa – de tão gratíssima memória – não poderia ser mais apropriada e São Josemaria Escrivá sempre dizia que «a Jesus vai-se por Maria», que é o guia certo e seguro para chegar ao Senhor.

(ama, comentário sobre Jo 2, 1-11, 2016.11.03)






Sem comentários:

Enviar um comentário